Aqui Onde?

Aqui? Aqui onde?
Não te sinto no nevoeiro denso, no presente.
Não te oiço nem toco, não me acho insolente o suficiente.

Sempre aqui? Mas aqui onde?
Pauto-e pelo bater das horas
A recontar os minutos das demoras,
E tu não estás…

Aqui! Aqui! Aqui onde?!
Estás sempre aqui, mas aqui onde?

Rui Batista
04/10/2009 01:23:02

Anúncios

~ por Rui Batista em 4 de Outubro de 2009.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: